26 fevereiro 2013

Maratona Sevilha 2013


Há locais que ainda nem saímos de lá e já estamos em pensar em voltar! Pensava eu que já conhecia Sevilha pelas diversas vezes que já tinha visitado esta cidade, mas só mesmo uma corrida como a Maratona para nos "cravar" um local na memória e nos fazer ansiar pelo regresso!

Inscrevi-me para Sevilha no rescaldo da Maratona do Porto de 2012 (só agora reparei que nada escrevi sobre esse empeno) depois de ler bastantes opiniões favoráveis e por pensar que conseguiria preparar convenientemente a mesma. O objectivo seria treinar bem ,voltar a desfrutar de uma Maratona e se possível conseguir uma boa marca.

Pois bem: o inverno, o trabalho e principalmente a falta de motivação (ou preguiça) resultaram na pior preparação das minhas 5 Maratonas: somente 230 Km acumulados desde Novembro até Fevereiro, sendo que o treino mais longo coincidiu com o Mini Trail AM de 25Km...

Ainda ponderei não ir, mas em boa hora decidi marcar presença, porque sem pernas para grandes ritmos corri mais relaxado e consegui verdadeiramente apreciar a percurso e toda a envolvência de um evento com 7000 participantes e dezenas de milhares de pessoas na rua a apoiar incansavelmente os atletas!

A corrida:
O dia amanheceu frio como se esperava (3ºC) mas sem vento e um lindo céu azul. Junto do Estádio Olímpico de Sevilha, palco de grandes vitórias, o ambiente fervilhava de emoção e nervosismo próprio destas alturas,
Partida organizada por tempos de chegada permitiu uma saída sem grande confusões. A minha ideia inicial era correr a 5 min/ Km e com isso tentar atrasar ao máximo o muro, mas acabei por colocar-me  na zona das 3h15m à espera de um milagre.

Dado o tiro de partida rolei calmamente a 4m30s, mas não teriam passado ainda 5 Km e já me perguntava como iria conseguir chegar ao fim. A primeira parte da corrida decorre numa zona onde ainda não existem muitas casas e por momentos pensei que tudo o que tinha lido sobre o apoio do público não correspondia à verdade, mas logo após o 5 Km após passarmos a Puente de S. Telmo entramos mesmo na centro da cidade e com a Macarena recebemos o primeiro grande apoio que faz arrepiar qualquer atleta.

Continuei calmamente no ritmo inicial, mas continuava assombrado por aquilo que me poderia esperar lá mais para a frente. Passo aos 10Km com 46 min e tomo a primeira saqueta de gel. Por volta dos 12K decido fazer uma "paragem técnica" retemperadora e é com agrado com sou alcançado pelo balão das 3h15m.
Deixei-me ir ali no resguardo de dezenas de corredores que seguem religiosamente o balão que lhes vai marcando o ritmo. O facto de ir ali encaixado facilitava imenso a corrida quase como que aproveitando o túnel de vento proporcionado pelo numeroso grupo. Aqui também encontrei o David Silva que acabei por acompanhar praticamente até ao final da corrida.
Permaneci com o balão até ao 25K onde estrategicamente fiz mais uma longa e saudável "paragem técnica" que acredito terem sido a minha salvação. O facto de parar um simples minutos fazia-me voltar à corrida com força redobrada. Nesta altura o balão ganhou cerca de 250 metros de avanço e até por volta do 38K ainda encetei uma motivadora recuperação dado que fui ultrapassando bastantes atletas, mas nesse momento simplesmente as pernas quebraram bastante e a parte final já foi feita em sofrimento.

Para terminar em grande uma entrada triunfante no Estádio Olímpico. Volta final na pista de tartan com a banca da linha da meta repleta de gente fazendo com que o nos sintamos por momento verdadeiros atletas de eleição.


Percurso e parciais no Endomondo



Grande destaque para o facto de viajar em grupo com outros corredores que me permitiu fazer novos amigos e também  conhecer melhor outros com quem gostei bastante de partilhar esta engrandecedora viagem a esta magnífica cidade de Sevilha. 1 abraço para o Paulo Rodrigues, Marco Silva, David Sousa e todos os outros com que tive a oportunidade de partilhar esta jornada.

Para já fica só a promessa de voltar em breve a esta Maratona e a esta cidade, porque sem dúvida soube receber todos aqueles que a visitaram neste fim de semana.
Parabéns a todos os que participaram!